Quedará como antídoto un trozo de mi corazón

 «Sinopse»

Apátrida, imigrante, intrusa, vírus social, who are you?

Cruzar fronteiras. Tornar-se parte do processo de compreensão do mundo. Ocupar nossos lugares; o que escolhemos ocupar. Reconhecer-nos. Reconhecê-las. Mudar interesses. Dançar para sobreviver. Coreografar a licença de ir e vir, a audácia e o direito de exercer nossa própria humanidade. Não esquecer-se de desconfiar das ideologias, sempre. Guardar o veneno, pois o corpo é livre, público e compartilhado.

 «Histórico do projeto»

“Quedará como antídoto un trozo de mi corazón¨ é uma performance work in progress, abrigada pelo Projeto Fronterizas, um projeto co-desenvolvido por Mari Paula (Brasil) e Alexandra Mabes (Chile) que investiga o corpo emigrante-imigrante. O projeto se iniciou em 2019, através de um convite da Plataforma Ibero-Americana de Dança - PID, que reuniu instituições como a Fundação Nacional de Artes (FUNARTE), Ministério da Cultura, Artes e Patrimônio (Chile), para realizar um programa de intercâmbio cultural entre as artistas, de 30 dias, totalizando de 180 horas dedicadas exclusivamente à pesquisa e ao intercâmbio de metodologias de dança contemporânea. Em 2019 as artistas realizaram pesquisa no Centro NAVE (Santiago - CL), Festival Cena Cumplicidades (Pernambuco - BR) e Companhia da Cidade de Campina Grande (Paraíba - BR).  Em maio de 2020, além de realizar residencias no Centro Danza Canal (Madrid - ES) e Centro NAVE (CL), o protejo foi selecionado para estrear um work in progress na Mostra Solar 2020 (Curitiba - BR).

 «Sobre as artistas»

Mari Paula é mestre em Gestão Cultural Latino-americana pela Universidad de Granada (UGR-ESP), bacharela em Artes Cênicas pela FAP-PR, especialista em Artes Híbridas/Crítica das Artes pela UTFPR e formada em dança pela Escola Municipal de Bailado (SP-BR). É uma das co-fundadoras da Casa Selvática em Curitiba e como intérprete integrou companhias públicas de dança contemporânea, das quais se destaca o Balé Teatro Guaíra. No ano de 2015 passa a desenvolver suas próprias criações, apresentando-se em salas e festivais da África, América Latina e Europa. Nos últimos anos recebeu prêmios e suporte de instituições como o Programa Iberescena, Funarte, Secretaria do Estado do Paraná, Fundação Cultural de Curitiba, Centro Cultural Teatro Guaíra e Fundación Santander Creativa.

 

Alexandra Mabes estudou dança na Universidade Arcis e se aperfeiçoou na escola IUNA Buenos Aires. Retorna ao Chile, e recebe por duas vezes ajuda do Fondos Nacionales de Cultura (Fondart) para criar “Me quedé todo el día en la casa” y ¨Blanco¨. Também criou peças de pequeno formato como ¨Islam¨, ¨Inicio¨ y ¨Fumando Espero¨. Em 2013, como intérprete de Amanda Piña, esteve em turnê por 3 anos nos seguintes festivais: Impulstanz Festival, Viena-Áustria, Festival Teatro a mil, Santiago-Chile, Tanzquartier, Viena-Áustria, SPRING performing art festival, Utrecht-Holanda, at Siska Festival, Liubliana-Eslovênia, Next Festival, Kortrijk-Bélgica, Baltic Circle Festival, Helsinki-Finlândia, deSingel, Amberes-Bélgica. É gestora e Fundadora da Sala de Máquinas, Chile.

 «Linha conceitual»

A pesquisa tem como ponto de partida o conceito de fronteira e objetiva borrar os limites da linguagem corporal na dança, com um profundo desejo de ativar a relação entre alteridade e movimento, superando tempo e segmentação. A pesquisa coloca em jogo a experiência de um corpo que atravessa fronteiras e possibilita a interculturalidade que habita realidades contrastantes ou dissidentes.

«Ficha técnica»

Performance: Mari Paula

Co-direção: Alexandra Mabes e Mari Paula

Projeto sonoro: Jaime Peña

Orientação de iluminação: Semy Monastier

Figurino: Matheus Veloso

Produção: Giovana Lago

Residências artísticas: Centro Canal (Madrid, Espanha), Festival Cena Cumplicidades (Recife - Brasil), Balé da Cidade de Campina Grande (Paraíba - Brasil) e Nave (Santiago - Chile)

Estréia: Mostra Solar 2020 (Curitiba - Brasil)

Parceria institucional: Fundação Nacional das Artes - Funarte (Brasil) e Ministerio de las Culturas, las Artes y el Patrimonio de Chile

Realização: Águila Produções

Duração: 30 min

Publico: Adulto

Experiência, Campina Grande - Brasil:
Experiência, Recife - Brasil:
Experiência, Santiago - Chile:
Imprensa:
Vídeos processo:

CONTACT: 

 

Artistic direction | Mari Paula

contactomaripaula@gmail.com

+34 601458156

Production manager - España | Iñaki Díez Lapeña

inakidiezdistribucion@gmail.com

+34 627268319

Production manager - Brasil | Igor Augustho

igoraugustho@gmail.com 

+55  11 945298613

Copyright © 2017 - Mari Paula - All rights reserved