Devórate

SINOPSE

Esta peça foi criada para degradar-se em 450 anos sobre a Grande Porção de Lixo do Pacífico, onde o plástico engoliu o futuro. Rebotalho da humanidade, uma mulher foi transformada em proletária digital após a crise da representação. Come-se a si mesma em busca do prazer do corpo coletivo que perdeu outrora.

SOBRE O PROJETO

Devórate é uma performance de dança que, através do corpo feminino, questiona o consumo desenfreado de materiais plásticos e o desenvolvimento tecnológico frente a frágil existência do ser humano. Com uma linguagem auto-referencial e antropófaga, o projeto realizou uma intensa pesquisa através de diferentes residências artísticas e técnicas em centros coreográficos e teatro da Espanha e do Brasil, como: Casa Hoffmann Centro de Estudos do Movimento (Curitiba), Centro de Danza Canal y Nigredo Espacio (Madrid), Eima Creació (Mallorca), Graner Centre de Creació de Dansa i Arts Vives (Barcelona), Carme Teatre (Valencia) e Palácio de Festivais (Santander). O projeto recebeu apoio do Programa Iberescena (Funarte) e do Programa de Mecenato de Curitiba, Brasil. Estreou em setembro de 2019 na cidade de Santander (ESP) e se apresentou nas cidades de Madrid, Mallorca, Valencia (ESP), Curitiba e Recife (BR).

FICHA ARTÍSTICA

Direção, conceito e performance: Mari Paula

Direção de movimento: Rebeca García

Colaboração dramatúrgica e de movimento: Janet Novás, Leonarda Glück, Reinaldo Ribeiro e Ricardo Nolasco

Desenho de luz: Carlos Molina e Spacecircles

Técnico em tournê: Semy Monastier ou Carlos Molina

Desenho de som: Jaime Peña

Desenho gráfico: Torreón Arquitectura

Fotos e vídeo: Anjana Guerras

Produção executiva: Gabriel Machado

Produção artística: Giovana Lago e Águila Produções

Residências artísticas: Casa Hoffmann (Curitiba), Centro de Danza Canal e Nigredo Espacio (Madrid), Eima Creació (Mallorca) e Graner Centre de Creació de Dansa i Arts Vives (Barcelona)

Residências técnicas: Carme Teatre (Valencia), Espiral Contemporánea e Palácio dos Festivais (Santander)

Suporte: Ebanx, Fundação Cultural de Curitiba, Iberescena  2019 y Funarte - Brasil

HISTÓRICO 2019

  • 01 a 16 de maio: Residência artística na Casa Hoffmann, Curitiba

  • 10 a 21 de junho: Residência artística no Centro de Danza Canal e Nigredo Espacio, Madrid

  • 22 de junho: Performance no Club Montparnasse, Madrid

  • 10 de 17 de julho:  Residência técnica no Carme Teatre, Valencia

  • 05 a 09 de agosto: Residência artística no EiMa Creació, Mallorca

  • 13 de agosto: Performance no Festival EiMa Festival, Mallorca

  • 14 a 28 de agosto: Residência artística no Graner, Barcelona

  • 02 a 05 de setembro: Residência técnica no Palacio de Festivales, Santander

  • 6 de setembro: Performance no Festival La Espiral Contemporánea | Palácio de Festivales, Santander

  • 12 e 13 de setembro: Festival Cicle LGBT do Carme Teatre, Valência

  • 14 de outubro: Festival Cena Cumplicidades, Recife

  • 25, 26 e 27 de outubro: Teatro José Maria Santos, Curitiba

  • 28 de outubro: Centro Cultural Guido Viaro, Curitiba

  • 30, 31 de outubro, 1, 2 e 3 de novembro: Casa Hoffmann, Curitiba

Impressionante o trabalho de Mari Paula com seu próprio corpo como tela de experimentação, [...] para sofrer por si mesma a digestão do monstro plástico e sua expulsão do paraíso por causa do enganoso desenvolvimento tecnológico.

 

Pilar Jódar Peinado

(Membra e Prêmio Investigación de la Academia de las Artes Escénicas de España

  • Facebook Mari Paula
  • @maripaulah
  • Vimeo Mari Paula

 contactomaripaula@gmail.com

 

Copyright © 2017 - Mari Paula - All rights reserved